ela

21:48

ele me disse
sou sua
como o mais articulado
e impetuoso
ato falho
ele me disse
sou sua
aproveitando-se
das artimanhas
do português
flexionando pronome
e discordando em
gênero, número e grau
ele me disse
que é minha
e assim
concomitantemente
virou musa e artista
e como se não bastasse
virou bela obra ainda
ele me disse
sou sua
porque comigo
ele é o que quiser
e se ele quer ser minha
eu que sou bem feliz
ele me disse
sou sua
como quem fosse
minha paixão
e minha ilusão
minha luz
e escuridão
começo e fim de mês
dia dez e dia
vinte e seis
todas as minhas estações
equinócios, solstícios,
galáxias e constelações
minha primavera
verão e meu inverno
meu céu e meu
inferno
ele me disse
sou sua
e eu respondi
também sou
dela e dele
seu e sua
meu e minha
todinha
somos os dois
ou as duas
rascunho ou arte final
que acaba
por bem ou por mal
mas não chores, não
sorria
se ele é mesmo minha
não duvido
mas quem diria
essa aí vai acabar
é virando poesia

0 comentários