Eu comi o alfajor que eu comprei pra você.

15:55



Comprei um alfajor pra você porque sei que você gosta. Esqueci de te entregar e então, bom, como já estava comprado, eu comi. Também tomei o vinho que você deixou na minha casa. Não era minha intenção te privar do consumo dessa bebida que foi comprada pensando em nós dois, mas bom, mesmo que o "nós dois" deixou de existir, o vinho ainda existia, já estava comprado e estava sob os meus cuidados, então eu tomei. Por sinal, você deixou uma caneca comigo? O teu casaco, eu só te devolvo depois de várias borrifadas do meu perfume nele. Isso se você ainda o quiser e cobrá-lo de mim. Espero, no fundo, que você nem cobre, que considere o casaco como perdido e fique por isso mesmo, ou que sequer sinta falta dele. Torço também pra que você não descubra que está comigo aquele seu arco de coelhinha. Bom, talvez seja melhor deixar essa história para outra hora. Ah, acho que eu tava te devendo uns dez reais da última vez que te vi, mas acho improvável que você me queira rever por essa quantia. Afinal de contas, você também deve ter ficado com alguns pedaços de mim. Dei por falta deles, depois de você. Quantas rimas eu deixei na sua casa e quantos versos eu esqueci nos teus sorrisos? Se algum dia você quiser aquele batom de volta, a gente pode até marcar um café, mas eu quero de volta um poema que nunca mais encontrei. Acho que perdi no meio das tuas cobertas, você pode dar uma olhada? Eu te levo um alfajor, se eu lembrar.

there is no carimbo

23:59

é isso o pior que eu consigo desejar a você
um atraso de vez em quando
uma dorzinha nas costas
uma ou outra decepção amorosa
nada que você não possa remendar
uns dias pra ficar emburrada
filas,
mas nada que atrapalhe demais a sua vida
ter que pegar um carimbo
lá no outro setor
um boleto pra pagar
uns tropeços
aqui e acolá
uns dias chuvosos
alguns trabalhos pra entregar
noites que precisam ser viradas
sem mim
e sem ninguém
e se acaba o café?
uma roupa que mancha
umas assinaturas
papelada, burocracia
um pagamento atrasado
mas claro,
que não te atrapalhe demais
e se precisar,
me avisa!
a gente dá um jeito

quanto a mim,
não te preocupes
eu faço um textinho ou outro
mas nem tento te esquecer

como assim já é dia dez
e não caiu
o novo amor?