poesia

Tem verde no por do Sol [2]

20:24

pinta o por do Sol
mas não pode usar verde
porque não tem verde no por do Sol

escolhe o que você quer fazer
mas não pode ser letras
não pode ser música

talvez eu seja louca
insana

talvez eu seja a única da família
que serve para poesia
sirvo a poesia
e ela me serve

talvez eu só não enxergue cores
mas disseram que mulher não tem daltonismo

é isso mesmo
dentre tantas imposições
nem daltônica eu posso ser!

talvez, então, eu seja homem
mas dessa opção eu não gosto

porque, enquanto mulher,
posso virar uma matemática
ou uma música

eu vejo verde no por do Sol
estou praticando
pois quero me tornar
poesia.

Jack White

Minha próxima esposa vai gostar de Jack White

19:50

- Você conseguiu. Estragou todas as outras pra mim.

Moça da água, tudo bem com você? Queria te contar sobre o que eu estou vendo aqui, mas sem os clichês de 'é tudo lindo'. Nem tudo é lindo. Sabe, moça, entrei numa igreja forrada de ouro. Tinha fila para entrar, e nesse tempo eu vi pessoas mendigando. Digo pessoas, porque sei que são, mas vivem como objetos descartáveis. E mesmo vendo o luxo das igrejas e palácios, ainda temos a ousadia de chamar os mendigos de vagabundos. Tá certo isso, moça? Eu vi gente jogando moedas na fonte de água, fazendo pedidos. Vi gente passando mais tarde e catando as moedas. São a mesma gente, moça? Somos todos a mesma gente? Pude ler liberdade, igualdade e fraternidade, só não pude ver.
Eu chorei, moça, quando vi um certo argentino que só usa branco e mora na Itália. Ele diz que pessoas homossexuais são, antes de tudo, pessoas. E que mães solteiras são, antes de tudo, mães. Mas esse pensamento não deveria ser óbvio, moça?
Acho engraçado quando uma pessoa vê outra pessoa com um cachoro e, em vez de sorrir para a pessoa, sorri para o cachorro. Entendeu? E eu sempre faço isso, moça. Vou te contar um segredo. Eu tenho medo das pessoas, principalmente dos homens. Somos criados para desconfiar do próximo. É bom isso, moça?
Estou tirando várias fotos. Algumas com você, inclusive. Amor-próprio e um pouquinho de narcisismo é bom, sim, mas o que eu quero mesmo é mudar o mundo. Quero mudar pra mim e para as outras pessoas.

- Agora fui toda aberta. Tô translúcida. Trans lúcida. Se alguém diz que nunca se apaixonou, é porque não te conheceu ainda, moça da água.

Jack White

Meu próximo marido vai gostar de Jack White [2]

09:39

- Water, please.

- Sparklig water or still?
- Eeeh... no sparkling. Thank you.

Oi, moço da água. Tudo bem aí? Desculpe pelo 'no sparkling'. O meu inglês é bom, mas eu estava nervosa. Por que? Porque não é fácil para alguém que não estava nem um pouco empolgada com Viena e que não gosta de falar com estranhos se localizar na cidade. Além disso, meu conhecimento de alemão se resume a oktoberfest, bier e pretzel. Você, na verdade, foi a primeira coisa boa que me aconteceu aqui. Moço, me desculpe de novo, meus amores curingas estão em outro continente. Eu não tenho escolha, tenho que me apaixonar. Mas não deixe isso acontecer se você for um chato, um machista ferrenho, um deslumbrado. Ah, e a gente também não pode se beijar nessa cidade. Pois no Belvedere está O beijo, do Gustav Klimt. E eu só quero um beijo se for o melhor que essa cidade já viu. Frescura minha, mas por favor entenda. Também não podemos andar de mãos dadas. Tem alguma coisa nessa água, moço, que está deixando as minhas mãos cheias de bolhas. Estou de tpm, mas odeio que perguntem. Esse é um dos meus segredos. Também, sou orgulhosa e não gosto de chorar. Apesar do meu pesar, gostei daqui. Da história da rainha Sisi e dos homens vestidos de Mozart.

- Meet me at the Opera. I'll be wearing a red dress.

feminismo

Insônia feminista

02:01

mulher I

de que menino você gosta?

com oito anos, tive que responder
falei Lucas ou Guilherme
não sabia o que dizer

depois de virar mocinha
tive que começar a tirar os pelos
não demorou muito
e a depiladora apareceu num pesadelo

eu quero ficar bonita
unha feita, corpo escultural
ai de mim se eu descuidar
não me caso nem a pau

tem coisas que eu nao fazia quando solteira
passar e engomar
mas agora que eu casei
tive que começar

não entendo de política
nem quero, não é coisa de mulher
meu voto é igual ao do meu marido
confio no que ele disser

tenho que me dar o respeito
tanta coisa eu não posso fazer
tenho que ser mulher, como disserem
esse é o meu dever

queria que todos vissem
o absurdo dessas sentenças
mas para chegar lá
a jornada e longa e intensa

o que faz de você mulher?
casamento, beleza, depilação?
mulher não rima com muita coisa
vou apelar para a despadronização

mulher II

o que faz de você mulher?
é a soltura das rimas
das amarras
a dor nua
que vira luta
a beleza das curvas
mulher é poesia
ciência
e amor
se alguém escreve bem
escreve como um homem
dizem
ainda bem
ainda bem
que estão errados

poesia

Gaston, o que você sabe sobre os meus sonhos?

19:48

quando falam
é o seu sonho
eu me incomodo
pois é uma palavra tão forte

conheci uma mulher
que me disse:
- eu só queria ter dinheiro 
pra comprar umas telas
e criar umas galinhas
é o meu sonho

é o meu sonho
sonho
sonho

eu sonhando com Paris
e ela teve que acampar embaixo de lona
pra ter um pedaço de terra

e ainda tem gente
que já tá cheio de Paris
do riozinho
e do Centre Pompidou

sonhos
a gente tem tantos
mas eu troco Paris por igualdade

troco um príncipe europeu
por um mundo sem racismo
sem homofobia

troco todas as igrejas 
por igualdade de gênero

troco a tumba do Napoleão
pelo fim dessa padronização da beleza
e culto a juventude

troco todo o Paris Saint-Germain
por educação pública de qualidade

troco todas as lindas construções
por respeito ao meio ambiente

eu troco o museu das armas
e tudo o que eu puder
pela paz

poesia

Lunática

20:53

tá um dia lindo lá fora
até as cortinas estão saindo pelas janelas
para brincar com o vento
e eu aqui fazendo serviço de banco

meus sonhos ultrapassam a minha conta
minhas histórias vão além dos 32 quilos em cada mala
minha beleza não cabe no tamanho 44
meus pensamentos saem da cabeça

como as cortinas
que, em um dia lindo como esse
não conseguem parar
como será que elas se sentem nos dias sem vento?